Esse texto é Patrocinado – saiba mais sobre o autor e a empresa abaixo

Hoje, Palmas, conta com um aeroporto de pequeno porte, mas com voos diretos para São Paulo, Brasília, Goiânia e Recife. Mas o que ninguém sabe é o que ocorreu antes do aeroporto começar a ser construído naquela região.

Seu Pedro era proprietário de boa parte de onde passa a estrada que liga a Avenida Teotônio Segurado ao Aeroporto, e que antes de ser o aeroporto vivia com sua foice em paz e cuidado de seus animais e sua pequena horta.

Contudo, foi desapropriado sem qualquer indenização ou justificativa do motivo, sendo simplesmente despejado da sua propriedade, sem ter para onde ir, e não tendo família na cidade, o seu Pedro teve que desfazer dos seus animais e parar de produzir em sua horta.

Ao ser expulso, no ano 2000, prometeu vingança àqueles que o tiraram de lá e àqueles que viessem a passar por ali, um dia, seu Pedro sumiu e apenas foi encontrada a sua foice, da qual não desgrudava, na porta de sua antiga casa, no KM 2 da pista do aeroporto. Em 2001, foi inaugurado o novo aeroporto da cidade de Palmas.

Certa noite, no ano de 2010, vários anos após o sumiço do Seu Pedro e a construção do aeroporto, Kelly resolveu fazer sua caminhada na pista que dá acesso ao aeroporto, no meio do caminho a mesma ouviu um caminhado arrastado e alguém mandando sair dali, ela olhou para todos os lados e não viu nada, continuando sua caminhada, quando ouviu o barulho de foice cortando, assustada, sem ninguém por perto, pergunta se tem alguém e só ouve um grito: VAI EMBORA!!! Que a fez cair, logo ouve alguém correndo entre as árvores e se aproximando, desesperada ela sai correndo para o seu carro que estacionou na entrada da estrada, liga o carro e vai embora e nunca mais voltou ali.

Alguns dias depois, Bárbara e sua amiga Suellen, empolgadas, resolveram fazer atividade física, justamente na pista do aeroporto, por ser um lugar arrumado. As duas foram no inicio da noite de quinta, no meio do caminho, as mesmas conversando e caminhando, ouvem um som de foice cortando o mato, mas elas não veem da onde vem o som e nem quem faz isso, de repente surge um homem, com o rosto desfigurado com uma foice na mão, indo em direção das mesmas, gritando para irem embora. As duas desesperadas, correm com muito medo, só que Suellen cai e ao notar que sua amiga caiu, Barbara olha para trás, somente vê o homem carregando a amiga para dentro do mato, e Suellen nunca mais foi vista.

Durante uma semana, a aparição do senhor com uma foice na mão, ganhando o apelido deCeifeiro, foi comentada pela cidade, depois ele nunca foi visto, e ainda conforme relatos, disseram que era o Seu Pedro, pois foi naquela semana que o mesmo sumiu e não foi encontrado há mais de 10 anos.

Estamos chegando em 2020, será que o Ceifeiro voltará?


avatar

Patrocinado – Escrito Por:

Altamiro Lima Neto

Altamiro Lima é servidor público, apaixonado por esportes e workaholic nas horas vagas O texto acima foi desenvolvido em Parceria com o Profano – Marca de Produtos, como camisetas, bonés e outros. Saiba mais sobre o Profano, clique abaixo: