Uma das novidades para o 13º Festival Gastronômico de Taquaruçu foi a inclusão da categoria ‘Restaurantes e Empreendimentos do distrito de Taquaruçu/Taquaruçu Grande’, que durante o evento se transformará em ‘Rota Gastronômica de Taquaruçu’. A Rota, que funcionará nos próprios estabelecimentos, terá início mais cedo, no dia 28 de agosto, e vai até o dia 08 de setembro, quando também termina o grande evento na Praça Tarcísio Machado.

Nesta edição do Festival, serão nove empreendimentos, que funcionarão nos próprios estabelecimentos. Os pratos inscritos nesta categoria concorrerão separadamente das demais categorias, podendo ser prato doce, salgado ou comidinha salgada, e serão comercializados entre os valores de R$ 10,00 a R$ 50.00. A premiação segue a mesma das demais categorias do Festival, sendo 6 mil para o primeiro colocado, 2 mil para o segundo e mil reais para o terceiro colocado.

Para a empreendedora de Taquaruçu, Verônica Augusto, que participa desde as primeiras edições do evento, e já garantiu sua vaga nesta nova categoria, a categoria ‘Restaurantes e Empreendimentos’ vem inaugurar uma nova fase do Festival, e tem todas as chances de ser um grande sucesso.  “Esta nova categoria vai nos ajudar muito, com mídia para o nosso estabelecimento, e também vamos poder atender melhor o nosso cliente, e apresentar melhor nosso prato, pois é bem diferente quando preparamos o prato fora das nossas condições habituais. Este ano não vamos precisar fechar o nosso estabelecimento nos dias do Festival, e sim abrir ainda mais para receber os turistas”, comemora Verônica.

O presidente da Agtur, Eudes Assis, explica que a ideia da criação da ‘Rota Gastronômica de Taquaruçu’ partiu da necessidade de reconhecimento e legado àqueles que todos os anos emprestam o distrito para receber o FGT. Ele destaca que esta foi pensada para consolidar o destino Turístico de Taquaruçu, como também manter uma rota gastronômica permanente. “A cada ano o Festival vem crescendo, mas quando o evento acaba não temos referências para encontrar os pratos participantes, dessa forma, vamos levar os turistas até os estabelecimentos, consolidando uma rota gastronômica e deixando um legado para o destino”, finalizou o gestor.

Projeto

Os empreendimentos participantes da ‘Rota Gastronômica de Taquaruçu’ fazem parte de Projeto de Estruturação Turística do Distrito. O projeto é uma parceria entre o Sebrae Tocantins, Sebrae Nacional e a Prefeitura de Palmas, por meio da Agtur. A parceria teve início em 2014 com o objetivo de trabalhar a estruturação de atividades relacionadas ao turismo nos territórios de Taquaruçu e Taquaruçu Grande. Nesse período, cerca de 70 pequenos empresários receberam capacitações, consultorias empresariais, missões tecnológicas, apoio à governança local e acesso a eventos nacionais. Conforme o Diagnóstico Turístico do Projeto de Estruturação Turística de Taquaruçu, 80% dos negócios são voltados ao segmento da alimentação e 66% aos serviços de apoio ao turista.  Entre os 19 negócios relacionados a atividades turísticas com atrativos, 10 possuem cachoeiras.

Confira os empreendimentos participantes da Rota Gastronômica de Taquaruçu

Taquaruçu

– Restaurante Sabor da Serra – Chambarilove – chef Verônica Augusto

– Aldeia da Serra – Bobó de camarão com babaçu – chef Elisângela Marques

– Rota dos sabores – Tudo de bom – chef Lucia Ramaldes

– Casa das Flores – Risoto savana – chef Tati

– Vila dos Sabores – Tucunaré da vila – chef Beatriz Augusto

– Cachoeira da Roncadeira – Tapiocafé – chef Maria Acirene

– Pote de Ouro – Beiju de Ouro – chef Daniella Aires

Taquaruçu Grande

– Célias Restaurante – Maria Isabel de pirarucu – chef Maria Célia

– Estância Machado – Frango caipira à moda goiana – chef Joziana Machado

Texto por: SECOM de PalmasImagem por: Divulgação

Quer melhorar sua produtividade?